terça-feira, 26 de janeiro de 2010

MISSÕES E MASTURBAÇÃO

John Piper



Masturbação é a experiência de orgasmo sexual produzido pela auto-estimulação. Virtualmente, todo homem como, aproximadamente, muitas mulheres experimentaram isso. É uma prática regular da maioria dos homens solteiros.

Uma das maiores forças que impede pessoas jovens de obedecerem ao chamado de Deus, para o serviço cristão vocacionado é a derrota na área da luxúria. Certo adolescente ouve um chamado desafiador para lançar-se na causa da evangelização mundial. Ele percebe a impulsão do Espírito Santo. Experimenta a vibração de seguir o Rei dos reis na guerra. Mas, ele não obedece porque se masturba regularmente. Sente culpa. Pode, dificilmente, imaginar-se testemunhando a uma linda garota acerca da condição eterna de sua alma, porque vem, tão habitualmente, observando garotas nuas em sua imaginação. Então, sente-se indigno e incapaz de obedecer ao chamado de Deus. A masturbação se torna o inimigo de missões.

Evidentemente, Deus tem constituído a conexão entre o orgasmo sexual e o pensamento sexual de tal modo que a força e o prazer do orgasmo é dependente do pensamento ou imagens em nossas mentes.

Portanto, o propósito de masturbar-se é, necessariamente, induzir pensamentos ou imagens vívidos e excitantes na mente. Isto pode ser feito por pura imaginação, por fotos, filmes, histórias ou pessoas reais. Estas imagens sempre envolvem mulheres como objetos sexuais. Uso a palavra “objeto” porque para que uma mulher seja um verdadeiro “sujeito” sexual na nossa imaginação, ela deve, na realidade, ser alguém com quem estamos experimentando aquilo que imaginamos. Este não é o caso na masturbação.

Assim, eu me coloco contra a masturbação. Podem haver outras razões porque isto é errado. Por enquanto, eu apoio minha colocação devido às inevitáveis imagens, as quais acompanham a masturbação e que fazem das mulheres objetos sexuais. Os pensamentos sexuais que motivam a masturbação não ajudam nenhum homem a tratar uma mulher com maior respeito. Portanto, a masturbação produz real e legítima culpa e obstrui o caminho da obediência.

Três encorajamentos aos homens solteiros:

1. Você não está sozinho na batalha.
2. A queda periódica nesta área não o desqualifica para o ministério mais do que quedas periódicas de impaciência (que também é pecado).
3. Persiga o poder exclusivo de uma nova afeição. Eu caminhei por toda a seção de livros de “fotografia” na Walker Art Center, na última quinta-feira, capacitado pelo genuíno prazer de sentir Cristo subjugando a tentação de olhar.


Pelo Seu poder,
Pastor John




Traduzido por Tiago Abdalla
Fonte: www.desiringgod.org


Um comentário:

Srta-Eli disse...

muito bom esse artigo!
Serve para esclarecer a dúvida de muitos jovens!

Marcadores